Banestes Recebíveis Imobiliários FII

O Fundo de Investimento Imobiliário Banestes Recebíveis Imobiliários tem administração do Banco Fator e gestão da Banestes DTVM.

O fundo conta também com a consultoria de investimentos da Fator Administração de Recursos (FAR) na aquisição dos seguintes ativos financeiros de base imobiliária:

  • Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI)
  • Letra de Crédito Imobiliário (LCI)
  • Quotas de FII e quotas de FIDC
  • Quotas de FI Renda Fixa e Debêntures

Vantagens 

  • Diversificação no mercado de Renda Fixa: rendimentos das cotas estão atrelados ao mercado imobiliário
  • Benchmark: IGP-M 6% a.a.
  • Distribuição mensal de, no mínimo, 95% do resultado líquido auferido pelo Fundo aos cotistas
  • Isenção de Imposto de Renda e IOF sobre os rendimentos do FII
  • Possibilidade de ganhos com a valorização das cotas do Fundo: negociação na Bolsa ou no mercado de balcão organizado

 Consulte as principais informações:

3ª Emissão de Cotas

2ª Emissão de Cotas

Relatório de Rentabilidade

Distribuição de Rendimentos

2018

2017

2016

2015

Informes Mensais

2018

2017

2016

2015

Relatório aos Cotistas

2018

2017

2016

2015

Demonstrações Financeiras

Assembleias, Atos Societários e Fatos Relevantes

 

*De acordo com ICVM nº 409,  são regidos por regulamentação própria, excluindo-se desta Instrução, os seguintes fundos: Fundos de Investimento em Participações; Fundos de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Participações; Fundos de Investimento em Direitos Creditórios; Fundos de Investimento em Direitos Creditórios no Âmbito do Programa de Incentivo à Implementação de Projetos de Interesse Social; Fundos de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios; Fundos de Financiamento da Indústria Cinematográfica Nacional; Fundos Mútuos de Privatização – FGTS; Fundos Mútuos de Privatização – FGTS – Carteira Livre; Fundos de Investimento em Empresas Emergentes; Fundos de Índice, com Cotas Negociáveis em Bolsa de Valores ou Mercado de Balcão Organizado; Fundos Mútuos de Investimento em Empresas Emergentes - Capital Estrangeiro; Fundos de Conversão; Fundos de Investimento Imobiliário; Fundo de Privatização - Capital Estrangeiro; Fundos Mútuos de Ações Incentivadas; e Fundos de Investimento Cultural e Artístico.